poemas poemas

Descanso do Trabalho

"Lugar de descanso
após uma vida de trabalho",
diz a inscrição em latim
no enorme portão de ferro.
Lá dentro o cuidado
também se desmorona.
As velhas mangueiras
sozinhas não conseguem
esticar suas sombras
sobre todas as lápides,
Há muitas buzinas de carros
vindo das ruas ao redor,
roubo de adereços e velas.
Quem ainda trabalha, reclama.

  

Seção de Poemas, © (2008) Rosa Clement