poemas poemas

Casa Urbana

Não é um sonho de casa
essa casa de madeira
com teto triangular
a destoar dos traçados
projetados pelos donos
de prédios retangulosos.

É apenas uma casa
com suas cercas de estacas
a cercar a terra fértil,
guardando plantas e bichos
e também alguns meninos
com as costelas à vista.

Sim é só uma casinha
da gente de antigamente
gente que por ser teimosa,
só vai fazer sua trouxa
e finalmente ir embora
no dia em que o deus quiser.

É casa bem brasileira
e com certeza, cabocla
na batalha dos tijolos
ganhando tempo no jogo
se transformando em passado
se transformando em um sonho.

  

Seção de Poemas, © 2005 Rosa Clement