crianca crianca

A Pulseira da Mila

Rosa Clement, © 2010

A jovem macaca Mila
não gostou da brincadeira
e ficou muito zangada
com a turminha do sitio,
pois sumiu sua pulseira.

Ela perguntou a todos
se por alguma pirraça
esconderam seu adorno,
dizendo que não gostava
desse joguinho sem graça.

Será que foi o Totó,
que andava aborrecido
sem ter nada pra fazer
e enterrou a pulseira
em lugar desconhecido?

Ou será que a Fofura,
que é mansa e obediente,
mas também muito manhosa,
viu a jóia em algum canto
e achou que era um presente?

Pode ser que foi o Raio,
que fez um estardalhaço
galopando com o vento
e fez a pulseira de Mila
escapulir de seu braço.

Não... A culpada é a Mila.
Ela foi jogar baralho
com os amigos de longe
e decidiu pendurar
sua pulseira num galho.