crianca crianca

Casa de Goiaba

Rosa Clement, © 2002

Lá vou eu pra goiabeira,
vou subir de galho em galho.
Saiba, não me atrapalho,
pois sou bastante ligeira.

Cai no chão o meu chinelo,
mas agora sou rainha,
a goiabeira éminha,
é meu trono e meu castelo!

Antes que a passarada
veja as goiabas do céu,
vou encher o meu chapéu,
pra mãe fazer goiabada.

Como o fruto sem temor,
mas meus olhos abro bem,
só pra não morder alguém:
seu gorducho morador.

  

  

  

Sarau de Poesia, realizado no dia 21/08/2015
Escola Municipal do Ensino Fundamental Luiz Zovaro
Caieiras, São Paulo
Foto: Professora Fabiana Suzi

Turma: 1º Ano A
Professora: Juliana

crianca-goiaba.jpg