crianca crianca

Que Coisa!

Rosa Clement, © 2010

Eu quero falar da coisa
que a gente sempre diz,
que coisa minha cabeça
e também o meu nariz.

Eu quero saber por que
que a coisa fica preta,
ou ninguém encontra a coisa
escondida na gaveta?

Por que será que o pombo
coisou a minha janela,
e depois lá na cozinha
coisou a minha panela?

Por que será que meu cão
coisou todo o meu tapete
e com o rabo entre as pernas
fugiu como um foguete?

Dizem que coisa tem nome,
mas nem mamãe acredita,
pois ela me diz que eu sou
sua coisinha bonita.